O SPED Fiscal é um arquivo digital que se constitui de um conjunto de escriturações e documentos fiscais que deveram ser assinado digitalmente e transmitir pelos validadores, atualmente esse arquivo não é obrigatório em todas as regiões. Veja abaixo como adicionar permissões e exportar o arquivo:

-> Para utilizar o SPED Fiscal, é necessário que o usuário possua permissões, em Nota Fiscal > SPED Fiscal

-> Para gerar o SPED Fiscal, é necessário preencher os dados do contador em Empresa > Editar > Contador

-> É necessário também preencher o Perfil do Contribuinte do SPED Fiscal, na aba Cadastro da empresa (Essa informação pode ser conseguida na contabilidade do provedor)

-> Para gerar/exportar o arquivo, vá em Nota Fiscal > SPED Fiscal

-> O sistema irá listar todos os arquivos SPED Gerados. No canto direito superior, em ‘Adicionar’ permite gerar um novo arquivo.

->  Para adicionar um novo arquivo de SPED Fiscal, basta marcar o mês / ano, o tipo de arquivo, marcar a empresa e marcar para exportar o bloco H (Inventário) caso seja necessário.

-> Na aba Fiscal dos Produtos, foi acrescentando o tipo de produto. Esse tipo será utilizando para fazer fechamento de inventário e também classificar os produtos, nos blocos necessários no SPED Fiscal.

-> O Formulário da nota de entrada também recebeu algumas atualizações. Agora é possível informar se a nota de entrada é do tipo entrada ou saída (de acordo com o emitente)

Também é possível preencher a chave da NFe 55 (Será obrigatório essa chave, no SPED Fiscal, caso a nota seja do modelo 55)

-> Outros atributos também foram acrescentados (Se possui frete ou não, valor do frente, valor do seguro e valor do IPI). Todos esses campos são opcionais. O não preenchimento, constará como valor zerado no arquivo SPED.